Eugénio Costa Almeida
Leia a análise do investigador do CEI-Iscte, Eugénio Costa Almeida, dois anos depois do processo Luanda Leaks (Angola).

O investigador falou à Agência Lusa para assinalar o segundo aniversário dos ‘Luanda Leaks’, divulgados pela primeira vez a 19 de janeiro de 2020. Costa Almeida afirma que “na prática o ‘Luanda Leaks’ só criou a saída de Isabel dos Santos e de algumas pessoas que estava na área da tutela”.

As suas declarações foram difundidas por diferentes meios: Sapo, Impala News, O Kwanza, e Folha 8.

Partilhe este artigo
Pin It

Escreva-me

Pesquise no site